• YOKOTA & XAVIER Odontologia

Fio Dental: Saiba porque você não pode ficar sem ele!


Sempre que falamos em cuidados para manter uma boa saúde bucal, a primeira coisa que nos vem à mente é escovar os dentes, correto? Sem dúvidas o hábito de escovar os dentes é muito importante para um sorriso bonito e saudável. Entretanto, a escovação, por si só, não é capaz de fazer a higienização completa dos seus dentes e manter a sua saúde bucal em dia.


Para que você mantenha sua saúde bucal em dia é fundamental o uso do fio dental. Para se ter uma real ideia da importância do fio dental na higienização, sem ele você deixa de limpar cerca de 30% das superfícies dos seus dentes, que não são alcançadas pelas cerdas da escova dental.


Negligenciar o uso do fio dental na higienização bucal diária, fazendo uso apenas da escova de dentes significa, portanto, deixar sua boca sempre com resíduos alimentares. Esses resíduos sofrem a ação de bactérias presentes na cavidade oral provocando o surgimento de cáries e inflamações gengivais.


Uma pesquisa realizada pelo Datafolha em 2016, a pedido do Conselho Federal de Odontologia, mostrou que apenas 57% dos brasileiros utilizam o fio dental, sendo que destes, apenas 30% usam mais de uma vez ao dia.


O resultado dessa pesquisa mostra que boa parte da população ainda não tem a devida clareza e orientação sobre a real impacto do uso do fio dental na saúde bucal.


Isso também é muito evidente no dia-a-dia da nossa clínica. Muitos pacientes têm dúvidas sobre esse importante instrumento de higienização. Por isso, resolvemos responder aqui os principais questionamentos.


O que é melhor? Fio dental ou fita dental?

Tanto o fio dental como a fita dental são eficientes para a limpeza dos dentes, desde que sejam utilizados da maneira correta. A diferença entre eles está, basicamente, na largura do produto. A fita dental é mais larga, tendo uma maior superfície de contato com o dente. Neste caso, o que vai determinar a escolha entre um e outro é a preferência pessoal, adaptação ao uso ou recomendações profissionais.


Qual a maneira correta de usar o fio dental?

A maneira correta de se usar o fio dental consiste em introduzir o fio dental, de maneira cuidadosa, no espaço interdental (entre os dentes) até a sua introdução no sulco gengival (região de contato entre a borda da gengiva e a superfície lateral do dente). Em seguida deve-se “abraçar” o dente com o fio dental esfregando-o ao longo de toda a superfície lateral do dente fazendo com que o atrito promova uma remoção mecânica da placa bacteriana.


Tive uma dieta líquida. Mesmo assim é necessário o uso do fio dental?

Ao contrário do que se pensa, o fio dental não serve somente para remover fragmentos de alimentos presos entre os dentes. Ele também é responsável por remover a placa bacteriana, que se forma mesmo sem o consumo de alimentos sólidos.


O fio dental deve ser usado antes ou depois de escovar os dentes?

Ao utilizar o fio dental, é muito comum que fragmentos alimentares sejam removidos dos espaços entre os dentes, ficando na boca em contato com outras superfícies dos dentes. Sendo assim, o correto é a utilização do fio dental antes da escovação.


Quem tem prótese dentária precisa usar o fio dental?

Para pessoas que possuem próteses fixas, ou seja, aquelas que não permitem a sua retirada para a higienização, o fio dental é sim necessário. Entretanto, no caso de próteses fixas que possuem dentes unidos, é preciso utilizar acessórios específicos como o passador de fio, que é basicamente uma agulha plástica que possibilita a passagem do fio dental por baixo dos dentes suspensos e as escovas interdentais.


Os irrigadores dentais (jatos de água com alta pressão) podem substituir o fio dental?

Os irrigadores são úteis para a remoção de restos alimentares entre os dentes. Também são muito utilizados como auxiliares na limpeza de próteses sobre implantes. Entretanto, o uso dos irrigadores serve com complemento da higienização e não substitui o uso da escova e do fio dental.


Como vimos, o uso do fio dental é fundamental na manutenção da sua saúde bucal. Entender a real importância dele ajudará você a criar o hábito de utiliza-lo diariamente diminuindo, dessa forma, as chances de desenvolvimento de problemas bucais como cáries e inflamações gengivais.




Este artigo tem objetivo de divulgar informações sobre tópicos gerais de odontologia e saúde oral. Seu conteúdo não substitui a orientação, o diagnóstico nem o tratamento com profissional especializado. Quaisquer dúvidas que você tenha sobre tratamentos, sinais ou sintomas de doenças devem ser sempre esclarecidas com seu dentista, médico ou outro profissional especializado.


YOKOTA & XAVIER Odontologia CROSP: 23.437 - Resp téc: Dr Douglas Yokota, CROSP 91.743 Dentistas - Clínica Odontológica - São Paulo - SP

Posts Relacionados

Ver tudo

Uma coisa podemos lhe dizer: se você acha que tem sorriso feio ou dentes estragados, você não está sozinho quando sente vergonha de sorrir, nem mesmo se a sua vergonha dos dentes for tão grande que vo

A história de que carvão clareia os dentes é mito ou verdade? Neste texto, vamos responder às principais dúvidas sobre carvão ativado para clareamento dental: O que o carvão ativado faz nos dentes? Po