top of page
  • YOKOTA & XAVIER Odontologia

Dor no implante dentário após meses: "meu implante dentário está doendo", isso é normal?


Olá! Sou dra Tathy Xavier, sou dentista (CROSP 90374) e sócia-fundadora da clínica YOKOTA & XAVIER Odontologia. Escrevo aqui para você que, provavelmente, está sofrendo porque seu implante dentário dói após ter sido feito já há meses ou anos. Ter sensação de dor latejante, pressão ou dor persistente após a conclusão de um tratamento importante é uma situação difícil para quem passa, e acredito que você esteja angustiado para saber se isso é normal e o que fazer.


Para ajudar você a compreender se você está com uma dor no implante dentário que é normal ou esperada, vou começar explicando o que é exatamente o implante dentário.

O que é implante dentário?


Quando um dente natural é perdido, a substituição desse dente é feita por uma prótese, que é quem faz o papel de dente artificial. O implante dentário é uma das alternativas usadas para prender a prótese no lugar, isto é, ele é usado para suportar a prótese e mantê-la na boca sem sair de sua posição. Por isto, nos tratamentos com implantes dentários, falamos sempre de um conjunto: implante e prótese sobre implante.


Nesse conjunto implante e prótese sobre implante, a prótese dentária é aquilo que se parece com um dente, que você pode enxergar na boca, que pode aparecer no sorriso e mastigar a comida.


O implante dentário, por sua vez, é um dispositivo de titânio (um metal com excelente compatibilidade com o organismo), que substitui a raiz de um dente perdido, isto é, ele fica invisível dentro do osso, sem aparecer na boca, suportando o dente artificial, que é a prótese sobre implante.


Como a prótese sobre implante ou o dente artificial fica fixa apenas sobre o implante, sem se apoiar em gengiva ou dentes naturais, o tratamento com implantes dentários tem a vantagem de não exigir desgastes em dentes naturais, além se ser uma alternativa bastante confortável e eficiente para devolver a mastigação e o sorriso para pessoas que perderam dentes. Uma das grandes vantagens dos tratamentos com implantes é que eles chegam a devolver quase a mesma força de mastigação que têm os dentes naturais, o que melhora muito a qualidade de vida.



Até aqui, vimos que os implantes são dispositivos de titânio que ficam dentro do osso, isto é, não aparecem na boca, pois quem vai aparecer na boca é a prótese sobre implante ou dente artificial, certo?


Os implantes dentários, portanto, são instalados dentro do osso por meio de uma cirurgia segura e indolor, com auxílio de anestesia local no próprio consultório odontológico.


Com a escolha de um bom dentista especialista em implantes dentários, isto é, dentista Implantodontista, que segue corretamente todos os critérios para a instalação dos implantes, e com o cumprimento rigoroso de todas as recomendações do profissional para o período pós-cirurgia (como alimentação, repouso e remédios), a recuperação da cirurgia também costuma ser rápida e tranquila.


Como disse anteriormente, a cirurgia é indolor com uso de anestésicos locais. Como se trata de uma cirurgia, é bastante comum e até esperado que, após a instalação dos implantes, haja sintomas de inflamação, que é uma reação normal do osso e gengiva à cirurgia, assim como ocorre quando é feita uma cirurgia de extração de dente natural. Os sintomas de inflamação mais comuns são inchaço e dor, e eles são bem controlados com remédios do tipo analgésicos e anti-inflamatórios receitados pelo dentista que, se tomados nas horas certas, promovem bastante conforto. Os sintomas da inflamação ocorrem por alguns dias após a instalação dos implantes, de modo que eles começam a diminuir a partir do quarto dia desde a cirurgia e podem perdurar em menor intensidade por mais alguns dias. A remoção dos pontos da cirurgia é feita, em média e a depender da situação, entre 07 e 15 dias após a instalação. A região da gengiva pode continuar inchada e dolorida ao toque, em média, até pouco mais de um mês, sem que isso impeça de realizar as atividades normais do dia a dia: o repouso após cirurgia de implantes dentários costuma ser de 24 a 48 horas apenas e a alimentação pastosa, por até 15 dias.


Uma característica importante sobre a dor após a cirurgia é que ela pode ser controlada com medicamentos, e caso ela não passe com o medicamento que já está sendo utilizado, o dentista deve ser informado para alterar o remédio ou analisar se há causas diferentes para a dor muito intensa (que é rara).



Quanto tempo o implante dentário fica dolorido?


Como vimos, a cirurgia de instalação dos implantes causa uma reação inflamatória no osso e gengiva que tem maior intensidade até cerca de 04 dias após a instalação, e esses sintomas vão diminuindo nos próximos dias, com possibilidade de a gengiva ficar dolorida ao toque até cerca de um mês depois, de forma leve. A dor após o procedimento cirúrgico pode ser controlada por medicamentos, e caso seja muito intensa e não passe com a medicação já tomada, o dentista deve ser informado para alterar a medicação ou analisar a situação para adotar as medidas necessárias.


Conforme falado até aqui, a dor esperada no tratamento de implantes é a decorrente do próprio procedimento cirúrgico correto, e ela pode ser controlada com medicamento e tem prazo para acabar, isto é, os implantes propriamente ditos, após instalados e firmes, não devem provocar dores depois de passado o prazo de reação inflamatória da própria cirurgia.


Dor no implante dentário após meses


Após passado o período em que são esperados os sintomas de inflamação do osso e gengiva como reação à própria cirurgia de instalação do implante, esse implante já instalado e já osseointegrado ("grudado no osso") não deve causar nenhuma dor. Desta forma, não é esperado que haja dor no implante dentário após anos ou mesmo após meses desde a instalação, e o dentista deve ser imediatamente avisado nesses casos de dor para entender qual a causa dessa dor e adotar as medidas necessárias.


Para compreender qual a causa, o dentista pode precisar analisar o seu histórico, os sintomas que apresenta, o estado do implante por meio de exame na boca e/ou com auxílio de radiografias ou tomografia computadorizada, entre outras medidas.


Alguns exemplos de causas de dor no implante dentário após meses ou anos podem ser:

  • Quando a colagem do implante dentário ao osso não acontece (osseointegração). Nesta situação, o implante também fica com mobilidade na região instalada e inviabiliza a fixação da prótese sobre implante, porque não está firme;


  • Implantes dentários, mesmo que já bem colados no osso e bem firmes, se não passam por manutenções periódicas com o dentista e/ou não são bem higienizados com técnica e instrumentos corretos no dia a dia, podem ter inflamação ao seu redor por presença de bactérias. A presença de infecção bacteriana ao redor do implante, além de dor, pode fazer com que, aos poucos, o implante vá ficando mole e incapaz de sustentar a prótese sobre implante.


Existem ainda muitas causas variadas para dor no implante dentário após meses além desses exemplos citados acima. O que você precisa saber é: seja qual for a razão de um implante dentário doendo após meses, você deve buscar atendimento com um dentista especialista o mais rapidamente possível, uma vez que a dor é um sinal de um problema que necessita de urgência em sua solução.


Antes de iniciar um tratamento com implantes, a escolha de um profissional experiente, que faça um planejamento criterioso do tratamento levando em consideração as particularidades da sua condição bucal e do seu estado de saúde, é fundamental para minimizar as chances de insucessos em tratamentos com implantes dentários.


Depois de instalar o implante, seguir à risca todas as recomendações para o período pós-cirurgia, como remédios, repouso, alimentação, e fazer higiene diária por toda a vida, bem como realizar acompanhamento e manutenção periódicos com o dentista, também são fatores imprescindíveis para minimizar as chances de ocorrer dor, amolecimento ou mesmo perda dos implantes já instalados, e também para manter os bons resultados do seu tratamento com implantes por muito mais tempo.


Espero que este artigo tenha ajudado você.


Clique no link abaixo para ser examinado pelo nosso time de especialistas:




Este artigo tem objetivo de divulgar informações sobre tópicos gerais de odontologia e saúde oral. Seu conteúdo não substitui a orientação, o diagnóstico nem o tratamento com profissional especializado. Quaisquer dúvidas que você tenha sobre tratamentos, sinais ou sintomas de doenças devem ser sempre esclarecidas com seu dentista, médico ou outro profissional especializado.


Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page