top of page
  • YOKOTA & XAVIER Odontologia

Você está rangendo os dentes durante a noite?


Você acorda frequentemente com dor de cabeça, no pescoço, na mandíbula e nos dentes? Sente estalos ao abrir e fechar a boca ou cansaço nos músculos da face? Caso tenha respondido sim a alguns desses sintomas, pode ser que você tenha o hábito de ranger seus dentes, também conhecido como bruxismo.


Bruxismo é um comportamento que se caracteriza pelo apertar e ranger dos dentes. Pode acontecer durante o dia mas, geralmente, ocorre à noite, enquanto você dorme.


Infelizmente, essa disfunção pode desgastar, lascar e até fraturar os dentes, deixando-os sensíveis; provocar a perda de restaurações e próteses, além de causar DTMs (desordens na articulação da mandíbula).


O bruxismo está possivelmente ligado a fatores genéticos, ao uso de medicamentos, situações de ansiedade e/ou estresse ou a problemas físicos. Qualquer que seja a causa, o melhor a fazer é consultar um profissional para procurar tratamento. O tratamento apropriado será determinado através de um questionário adequado e de exames detalhados realizados pelo dentista.


Um dos recursos mais utilizados para o tratamento do bruxismo consiste na confecção de placas de mordida, feitas sob medida para cada paciente. Elas ajudam no relaxamento dos músculos faciais responsáveis pelo apertamento e diminuem o atrito que provoca os desgastes nos dentes.


Uma vez que o estresse é um dos muitos fatores envolvidos no problema, técnicas de relaxamento podem ajudar. Evite bebidas com cafeína e pratique exercícios físicos. Buscar tratamento específico para ansiedade com auxílio médico especialista e psicólogo também pode auxiliar a tratar a causa.


As consultas periódicas com o dentista, além de serem importantes para a manutenção da saúde bucal do paciente, também são necessárias para a manutenção das placas de mordida, que exigem ajustes após um tempo de uso.



Este artigo tem objetivo de divulgar informações sobre tópicos gerais de odontologia e saúde oral. Seu conteúdo não substitui a orientação, o diagnóstico nem o tratamento com profissional especializado. Quaisquer dúvidas que você tenha sobre tratamentos, sinais ou sintomas de doenças devem ser sempre esclarecidas com seu dentista, médico ou outro profissional especializado.


Comments


bottom of page