top of page
  • YOKOTA & XAVIER Odontologia

Grávidas podem fazer tratamento odontológico?


Uma dúvida frequente de nossas pacientes é sobre o tratamento odontológico na gravidez. Não é raro atendermos mulheres grávidas ou que estão planejando ter um bebê. E, justamente por isso, resolvemos passar algumas informações sobre esse atendimento em especial.


A primeira coisa que você deve saber é que a saúde da boca da mãe pode afetar a gravidez e trazer consequências para o bebê que está se desenvolvendo. Existem evidências de que doenças gengivais da gestante estão entre as causas de partos prematuros e de nascimentos de bebês com peso abaixo do normal.


Ainda não se sabe exatamente o mecanismo pelo qual isso acontece, mas suspeita-se de que, quando há presença de gengivite e periodontite, que são quadros de infecção e inflamação gengivais, ocorre deslocamento de bactérias pela corrente sanguínea e promove-se aumento da quantidade de fluidos biológicos que estimulam o trabalho de parto. Durante a gravidez, as alterações hormonais no corpo da mãe contribuem para favorecer o surgimento e a piora de quadros de gengivite e periodontite, com aumento dos riscos de influência negativa sobre o desenvolvimento do bebê.


Por isso, no período da gestação, a saúde bucal da gestante precisa de atenção especial. Uma higiene oral adequada, que inclui uso de escova dental macia e de fio dental, com atenção para manter os dentes sempre limpos, especialmente na região do colo dentário (área em que a gengiva e os dentes se encontram), pode reduzir significativamente e, até mesmo, evitar problemas gengivais durante a gravidez.


Com relação à prevenção de cáries, pode-se ajudar ainda mais a saúde dos dentes substituindo os doces por alimento