• YOKOTA & XAVIER Odontologia

Cárie sem dor: É possível ter dente com cárie que não dói?

A cárie no dente é um dos problemas mais lembrados quando se trata de saúde bucal. Um dos sintomas mais conhecidos da doença cárie é a dor de dente após a ingestão de alimentos doces, azedos, quentes ou frios e, por isto, logo que se nota uma dor no dente, a primeira ideia que costuma vir à mente é que existe um dente cariado.


Mas você já pode ter ouvido relatos de alguém ou até mesmo já pode ter passado pela situação de chegar ao consultório odontológico para uma consulta de rotina, sem estar apresentando sintoma doloroso algum e, então, descobrir que tem cárie sem dor. Mas será que é possível ter um dente com cárie que não dói? Vamos entender a seguir.


Cárie no dente: o que é cárie?

A doença cárie tem como manifestação mais conhecida o surgimento lesões nos dentes, identificadas como manchas brancas ou escuras ou até buracos nos dentes, estes últimos, quando em estágios mais avançados. As alterações nos dentes são causadas pela ação de bactérias que produzem ácido quando se alimentam de açúcar. Uma alimentação rica em açúcares e hábitos deficientes de higienização estão entre as principais causas da lesão de cárie no dente.

Como saber se estou com cárie?


Lesões nos dentes como manchas brancas, acastanhadas ou enegrecidas e cavidades (buracos) na superfície são sinais da doença cárie. Um sinal que também pode ser indicativo de lesão de cárie no dente é percebido no momento de usar o fio dental: caso ele esteja rasgando ou desfiando ao ser introduzido entre os dentes, o fio pode estar se prendendo na cárie entre os dentes, uma vez que a superfície do dente cariado fica rugosa.


Nem todas as manchas são sinais de cárie no dente: manchas dentárias podem ocorrer por diversos fatores, e quem identifica se, realmente, a mancha branca ou escura se trata de uma lesão de cárie é o dentista.


Portanto, se você notou manchas escuras ou brancas nos seus dentes, fio dental que desfia ao ser passado entre os dentes, ou mesmo, cavidades ou buracos, você deve procurar ajuda do dentista imediatamente.


Cárie dói?

É possível ter cárie sem dor, pois os sintomas dolorosos da cárie costumam aparecer quando a cárie está em um estágio avançado. Os estágios iniciais da lesão de cárie são as mudanças nas superfícies dos dentes, as manchas brancas ou escuras, e a dor costuma aparecer quando a lesão começa a se tornar mais profunda, especialmente com formação de buracos ou cavidades nos dentes, que são fases mais avançadas da cárie no dente. Ainda que você tenha dor de dente, o dentista deve identificar se a dor vem mesmo de uma cárie ou de outras causas e dar o devido tratamento.

O que fazer se eu tiver cárie sem dor?


Quando você nota manchas nos dentes ou mesmo buracos ou cavidades, ainda que não tenha dor, deve procurar o dentista imediatamente. O dentista é a pessoa certa para examinar você, entender qual é o caso e indicar o devido tratamento e, quando mais cedo for o atendimento, mais simples, mais tranquilo e mais rápido tende a ser o tratamento.

Em casos de lesões de cárie ainda em estágio inicial, o dentista pode apenas acompanhar o dente ao longo do tempo, pois pode ser possível que, com dieta equilibrada e higiene correta, a cárie no dente não progrida e não haja necessidade de remoção dela.


Quando a lesão de cárie está mais avançada, com perda significativa de partes de dentes por buracos ou cavidades, o dentista irá indicar remoção da cárie e restauração do dente conforme o grau de destruição do dente (com restauração simples ou prótese, por exemplo). Sendo assim, saiba que, quanto mais cedo você tratar a lesão de cárie, menor será a restauração, além de menos complexa, mais rápida e menos custosa do ponto de vista financeiro (próteses são indicadas para dentes mais destruídos, em estágios mais avançados da cárie, e as próteses são tratamentos mais complexos e demorados do que restaurações simples).


Em casos de lesão de cárie mais profunda, as toxinas das bactérias que a causaram podem atingir a polpa dentária ou "nervo do dente", que é a porção mais interna do dente. Esse ponto é muito avançado e costuma ser doloroso, porém, muitas pessoas têm uma progressão muito rápida da cárie dentária e podem ter a polpa dentária danificada sem ter tido dor nenhuma em todo o processo. Quando a lesão de cárie está avançada e há danos na polpa dentária, é necessário remover a polpa por meio do tratamento de canal dentário e, após isto, reabilitar o dente, normalmente, com uma prótese. Nesse estágio, então, além da remoção da cárie e reabilitação do dente, deve ser feito, também, um tratamento de canal.


Por tudo isto, reforce esta ideia em mente: quanto mais cedo você for acompanhado e tratado pelo dentista, mais rápido, mais simples, mais indolor e menos custoso financeiramente tende a ser seu tratamento. Portanto, não espere para procurar atendimento do dentista.


A maneira mais eficiente de identificar cáries sem dor


Como a cárie dói nos estágios mais avançados, é fundamental que você visite seu dentista com frequência mínima de seis em seis meses, independentemente de haver ou não alguma dor de dente, para identificar problemas logo no estágio inicial. E isso não se aplica somente à cárie: você deve ter examinados pelo dentista frequentemente suas gengivas e todos os tecidos da boca (como céu da boca e língua, entre outros), e não somente os dentes.


Para prevenir o surgimento de lesões de cárie, você deve ter uma dieta equilibrada, evitando alta frequência de ingestão de doces e bebidas açucaradas; e realizar uma boa higienização após as principais refeições e antes de dormir com o uso de fio dental, e escova macia e técnica correta, ensinada pelo dentista.


Se você identificou alterações nos seus dentes, para ser avaliado pela nossa equipe, agende atendimento no botão abaixo:


Agendar por WhatsApp 11 94800-7313


- Saiba mais sobre cárie

- Quem somos nós

- Nossos contatos


Este artigo tem objetivo de divulgar informações sobre tópicos gerais de odontologia e saúde oral. Seu conteúdo não substitui a orientação, o diagnóstico nem o tratamento com profissional especializado. Quaisquer dúvidas que você tenha sobre tratamentos, sinais ou sintomas de doenças devem ser sempre esclarecidas com seu dentista, médico ou outro profissional especializado.


YOKOTA & XAVIER Odontologia CROSP: 23.437 - Resp téc: Dr Douglas Yokota, CROSP 91.743 Dentistas - Clínica Odontológica - São Paulo - SP




Posts Relacionados

Ver tudo