top of page
  • YOKOTA & XAVIER Odontologia

Sorriso feio ou Dente Feio: "tenho vergonha de sorrir por causa dos meus dentes". O que fazer?

Olá, meu nome é Tathy Xavier, sou dentista e sócia-fundadora da Yokota & Xavier Odontologia. Aqui, trabalho diariamente com uma equipe que acolhe, com muito amor e carinho, pessoas angustiadas por vergonha dos dentes e até traumatizadas por dentistas que as atenderam anteriormente.


Tenho vivido aqui com minha equipe anos incríveis conhecendo histórias de pessoas muito interessantes, que dedicaram sua vida para trabalhar muito, cuidar da família, resolver grandes desafios que lhes apareceram e que, nessa trajetória longa, deixaram sua saúde e suas próprias necessidades para um momento que nunca chegava.


De todas as queixas que acompanhamos aqui, uma das mais comuns é a dificuldade dessas pessoas em desfrutar das conquistas tão suadas por achar seus dentes feios e por ter vergonha de sorrir. Você pode imaginar como é grande a quantidade de relatos que ouço diariamente, como: "dra Tathy, eu não quero ir à viagem de final de ano da minha empresa porque não quero comer e dar risada com meus colegas no café da manhã e no almoço"; "tenho que fazer fotos da formatura do meu filho e vou sair com cara de triste em todas elas porque não consigo sorrir"; "vou ser madrinha de casamento com cara de brava"; "meu netinho pergunta se eu não gosto de brincar porque eu fico sempre séria perto dele"; "há muitos anos, tive um namorado que nunca esqueci e ouvi dizer que ele também gostaria de me encontrar agora, mas eu não teria coragem de ficar perto dele por causa dos meus dentes estragados".


Já numa fase mais adiantada da vida, muitas pessoas se dão conta de que é preciso cuidar também das próprias necessidades e ter um carinho especial consigo mesmas para poder continuar zelando por aqueles que amam e conquistar ainda mais coisas incríveis.


Se você também está deixando de viver por ter vergonha dos seus dentes, quero que você me acompanhe neste texto, para que eu possa ajudar você a dar os seus primeiros passos para que sua vida seja muito melhor do que já é agora.


Meus dentes estão horríveis, tenho vergonha de ir ao dentista


Quanto mais o tempo passa sem o devido tratamento para um problema, mais a situação dele se agrava, e isso vira um verdadeiro pesadelo para muitas pessoas, que começam até mesmo a ter vergonha de mostrar os dentes para o dentista.


Tudo se inicia como um problema simples que vai sendo deixado para depois e, como a boca está sempre mudando, o problema que começou simples fica maior, e passa a interferir também na aparência, e não apenas na saúde. Conforme a aparência é mais prejudicada com o tempo, surge o medo de ser julgado pelo próprio dentista quando for buscar tratamento, e o eterno adiamento para buscar um dentista agrava mais ainda a questão da aparência, e isso vira um ciclo de sofrimento sem fim, que parece não ter mais solução.


Uma coisa eu posso lhe dizer, com bastante confiança: você não está sozinho quando sente vergonha de sorrir por causa dos dentes, nem mesmo se a sua vergonha dos dentes for tão grande que você chega ao ponto de dizer que também tem vergonha de ir ao dentista e mostrar os seus dentes para o profissional. São, realmente, inúmeras as pessoas que dizem aqui: "doutor, a minha vergonha dos meus dentes estragados é tanta que demorei muito para criar coragem de abrir a boca até para o senhor"; "doutor, quero me tratar, mas meus dentes estão tão horríveis que tenho vergonha até de ir ao dentista, e quanto mais eu demoro, piores eles ficam e sinto que isso nunca vai acabar", "doutor, vim aqui porque quero ser tratado num dentista diferente do resto da minha família, para impedir que alguém conte para eles como eu estou"; "doutor, a última vez em que fui a um dentista foi há 40 anos, quando eu era ainda criança, não ria de mim por isto...".


Eu confesso para você que nosso foco principal aqui é dedicar um cuidado especial justamente para essas pessoas que chegam com medo ou vergonha de mostrar os dentes até para nós, pois o impacto do carinho, atenção e cuidado na vida delas é muito grande e, o resultado, ainda mais gratificante. São pessoas que vemos chegar aqui quase sem conseguir olhar nos nossos olhos e que, ao serem recebidas sem julgamentos e de forma muito humanizada, conforme vai acontecendo a transformação delas, vão mudando completamente sua postura corporal, ficam mais confiantes, passam a conversar com entusiasmo e chegam a mudar cabelo, roupas, maquiagem...


Todas as pessoas cansadas da vergonha de sorrir, quando de fato, resolveram o problema e transformaram suas vidas, tiveram praticamente a mesma fala aqui: elas me disseram que deveriam ter solucionado o problema muito antes, para poderem ter vivido mais tempo com melhor qualidade e sem as mesmas preocupações. Aposto que muitas delas gostariam de dizer isso diretamente para você agora.


Assim como elas, você também precisa saber que existe solução para grande parte dos problemas bucais que afetam a aparência do sorriso e que há, sim, profissionais bem preparados, acolhedores, abertos para ouvir a sua história, entender o que você gostaria de trazer para sua vida e guiar você na sua transformação.


Para estimular você a iniciar sua mudança, a seguir, você vai conferir os passos simples para evitar a vergonha de sorrir e poder viver mais plenamente.


Se você acha seu sorriso feio ou que tem dentes estragados, não espere para seguir esses passos:



1 - Crie o hábito de observar as condições da sua boca regularmente durante a higienização

Atente-se ao aspecto dos seus dentes, da sua gengiva, língua e lábios frequentemente, e aproveite os momentos de higienização para fazer isso em frente ao espelho e com boa iluminação.


Isto vai ajudar você a notar o mais cedo possível alterações de cor, textura ou formato dos seus dentes ou mucosas e possibilitar que as correções para os problemas sejam feitas ainda nos estágios iniciais e de forma mais simples.



2 - Defina exatamente o que deixa você insatisfeito com o seu sorriso


Parece bobagem, mas é fundamental que você saiba muito bem o que deixa você desconfortável com o seu sorriso para que isso direcione o planejamento da solução.


É um equívoco pensar que o dentista, sem a sua ajuda, descobrirá todos os pontos na sua aparência que o incomodam, e isso acontece porque, quando é uma questão apenas de saúde, o profissional dentista consegue identificar os problemas e definir a solução utilizando o conhecimento técnico que ele tem; por outro lado, no que diz respeito à aparência, estética ou beleza, muitas coisas dependem unicamente da sua opinião como paciente, da sua visão única, do que você entende como feio ou bonito e do que deixa você mais confortável consigo mesmo.




3 - Tenha uma conversa franca com um bom dentista o mais rapidamente possível e não espere para iniciar o seu tratamento

Após identificar os motivos que fazem você ter vergonha de sorrir, é hora de tomar uma atitude a respeito.


Existem soluções para a grande maioria dos problemas que afetam a aparência dos seus dentes e gengiva, e a aplicação de uma técnica ou a combinação de um conjunto delas de acordo com as suas características únicas permite alcançar resultados transformadores.


Confira abaixo algumas das técnicas que podem ser combinadas:







Muitos problemas de aparência do sorriso são consequência de higiene bucal insatisfatória, que leva, por exemplo, ao surgimento de lesões de cárie, tártaro e gengivas inflamadas.




5 - Faça consultas periódicas com o profissional

Realizar consultas periódicas com o dentista, mesmo sem nenhum problema aparente, permite que sejam feitas manutenções para prolongar os resultados dos tratamentos já realizados e o empregar medidas preventivas, o que evita o surgimento de muitos dos principais problemas bucais que podem prejudicar a aparência do sorriso. Em média, recomenda-se que as consultas periódicas sejam feitas a cada 6 meses, porém, o espaçamento pode variar conforme as necessidades.



Começar o tratamento o mais rapidamente possível é uma decisão muito acertada para evitar que problemas bucais se agravem e alterem mais ainda a aparência do sorriso, além de possibilitar que sejam aplicadas soluções mais simples e menos demoradas para esses problemas ainda nos seus estágios mais iniciais.


Eu acredito num grande potencial de melhora para sua vida e espero que esse texto possa ajudar você a dar os seus primeiros passos para viver bem!


Clique no link abaixo para iniciar sua transformação agora mesmo com nosso time de especialistas:




Este artigo tem objetivo de divulgar informações sobre tópicos gerais de odontologia e saúde oral. Seu conteúdo não substitui a orientação, o diagnóstico nem o tratamento com profissional especializado. Quaisquer dúvidas que você tenha sobre tratamentos, sinais ou sintomas de doenças devem ser sempre esclarecidas com seu dentista, médico ou outro profissional especializado.


Posts Relacionados

Ver tudo

Comentarios


bottom of page