• Yokota Odontologia

O que é tratamento de canal?

Muito se ouve falar no tratamento de canal dentário, mas você sabe o que é isso e por que ele é feito?


O dente é formado por esmalte e dentina, que são tecidos calcificados, e, internamente, pela polpa, um tecido mole e cheio de nervos e vasos sanguíneos, também conhecido, popularmente, como “nervo do dente”. É a polpa dentária que responde a todos os estímulos, como frio, calor, azedo, como a temida dor de dente.


Dentro dos tecidos calcificados do dente, a cavidade que se forma na área mais central e que é preenchida pela polpa dentária se divide em duas partes: a câmara pulpar (dentro da coroa dental) e o canal radicular (dentro da raiz do dente). O canal dentário, portanto, é a cavidade ocupada pela polpa dentro da raiz do dente. Por isto, muitas vezes, ouve-se falar que o tratamento de canal cuida da parte interna do dente ou da raiz dentária.


A polpa dentária pode se inflamar ou até mesmo necrosar devido a infecções por bactérias (como em casos de cáries) ou a traumas (como fraturas no esmalte e dentina). Nos casos de inflamação irreversível da polpa e de necrose pulpar, é necessário realizar o tratamento de canal.


O tratamento de canal ou tratamento endodôntico é um serviço pertencente à especialidade odontológica Endodontia. Nesse procedimento, o dentista utiliza instrumentos especiais e auxílio de radiografias para acessar a região interna, promover o esvaziamento de toda a cavidade pulpar e a desinfecção do local.


Para evitar que o espaço vazio seja foco de infecção futura, o profissional endodontista preenche toda a cavidade interna com material obturador, que é um tipo de cimento odontológico.


Após encerrado o tratamento de canal, o dente precisa ser restaurado também externamente, de forma que ele fique protegido contra contaminações e contra fraturas, uma vez que o procedimento remove estruturas originais do dente deixando-o mais fragilizado e propenso a se quebrar.


Com ausência da polpa dentária, o dente não dói mais com estímulos de temperatura ou com alimentos azedos. Porém, o paciente ainda é capaz de sentir nesse dente pressão ou dores por excesso de força mastigatória, pois isto depende da reação do ligamento periodontal, que fica na parte externa, entre a raiz e o osso de suporte, e não da polpa dentária.


Como em qualquer procedimento cirúrgico, é fundamental que o tratamento endodôntico seja realizado com profissional bem qualificado e experiente. Todo o procedimento é feito sob anestesia local e são dadas orientações ao paciente para que o pós-operatório seja bastante tranquilo e a recuperação rápida.

Se você gostou dessas informações e as considera úteis, clique nos seguintes links destacados para compartilhá-las com quem você se importa pelo WhatsApp ou pelo Facebook.

Clique para:

- conhecer nossa EQUIPE

- conferir os COMENTÁRIOS DOS CLIENTES

- saber quais são os TRATAMENTOS OFERECIDOS


Este artigo tem objetivo de divulgar informações sobre tópicos gerais de odontologia e saúde oral. Seu conteúdo não substitui a orientação, o diagnóstico nem o tratamento com profissional especializado. Quaisquer dúvidas que você tenha sobre tratamentos, sinais ou sintomas de doenças devem ser sempre esclarecidas com seu dentista, médico ou outro profissional especializado.