top of page
  • YOKOTA & XAVIER Odontologia

Saúde bucal na terceira idade



Cuidamos de muitos pacientes da terceira idade em nosso consultório e notamos problemas recorrentes e comuns à maioria deles. À medida que envelhecemos, mudanças no corpo ligadas ao avanço da idade e uma maior utilização de medicamentos podem influenciar no surgimento ou agravamento de alguns problemas bucais. Vejam alguns dos principais focos de atenção que precisamos ter com as pessoas da terceira idade:


  • Cárie "de raíz" Com o passar do tempo, é comum ocorrer retração gengival, um processo que expõe a raiz do dente, fazendo com que ele pareça "mais longo" na boca. A região exposta da raiz do dente pela retração gengival possui maior risco de surgimento de lesão de cárie.


  • Sensibilidade dentária A retração gengival, além de facilitar o surgimento da cárie de raiz, expõe áreas do dente que não estão protegidas pelo esmalte dental, e que podem ser bastante sensíveis à dor quando em contato com alimentos e bebidas quentes ou frios. Por conta disso, a sensibilidade dentária pode se agravar com a idade. Em casos mais severos, também pode ocorrer sensibilidade com contato com ar frio, alimentos e líquidos doces ou azedos.


  • Xerostomia ("boca seca") Conforme aumenta a idade, aumentam também as queixas de sensação frequente de “boca seca”, manifestação chamada de xerostomia, que ocorre por conta da redução da produção de saliva. Isso pode ser causado por uso de determinados medicamentos, por problemas de saúde ou pelo fato de o paciente já ter se submetido a tratamento com radioterapia na região da cabeça ou pescoço. Como a saliva é uma importante protetora natural da boca, algumas das consequências da xerostomia podem ser o desenvolvimento de lesões de cárie e de infecções na mucosa oral por bactérias e fungos (como candidíase).