• Yokota Odontologia

Quantas vezes por dia devo escovar os dentes?


Você já ouviu a máxima: “quantidade não é qualidade”? Pois bem, ela se aplica exatamente na resposta para esta pergunta.


Ao longo de muitos anos instruindo pessoas sobre como fazer a #higiene oral, percebemos, em nosso consultório, que a maioria das pessoas não tem nenhuma preguiça para escovar os dentes, aliás, muitas fazem a #escovação inúmeras vezes por dia! No entanto, o acúmulo de restos de alimentos na boca ainda é uma das principais causas das doenças bucais também para elas.


Neste contexto, percebemos que a falta de orientação sobre a técnica a ser empregada na escovação, qual o tipo de escova utilizar, como passar o fio dental corretamente, se é indicado o uso de enxaguantes bucais (“bochechos”) é o que faz com que as escovações, ainda que realizadas em grande número de vezes por dia, não sejam eficientes e essas pessoas tenham, por isto, necessidades de passar por procedimentos como restaurações em dentes cariados, tratamentos de canal, extrações dentárias e próteses ou implantes para casos de #perda_de_dentes.


De forma geral, desde que a higienização diária seja realizada com a técnica correta ensinada pelo profissional dentista e, portanto, que a placa bacteriana esteja sendo controlada de forma eficiente, o momentos para que ela seja realizada são após as principais refeições e, especialmente, antes de dormir. A higienização dentária feita antes de dormir é considerada a principal de todas, uma vez que, durante a noite, a produção de saliva diminui muito, e perdemos, por isto, uma proteção importante contra a ação de micro-organismos que já existem em nossa boca e que podem provocar lesões de cárie e doenças da #gengiva.


O raciocínio sobre o número de escovações e uso de técnica correta vale não somente para dentes naturais, como também para as próteses, sejam elas fixas ou móveis (aquelas que podem ser retiradas da boca pelo próprio usuário, como dentaduras ou próteses removíveis). As próteses devem ser escovadas também após cada refeição e antes de dormir - confira cuidados específicos com as dentaduras e próteses removíveis num guia completo clicando aqui.


Para complementar a #higiene nos locais de mais difícil acesso, é fundamental a realização de limpeza profissional nas consultas preventivas periódicas, durante as quais, também, o dentista deve reservar um tempo considerável para fazer a orientação de como corrigir a técnica de higienização diária e recomendar quais utensílios ou enxaguantes o paciente deve usar para ter um controle satisfatório da placa bacteriana. A regularidade das consultas preventivas também permite que o dentista faça remoção de tártaro eventualmente formado ainda em seus estágios iniciais evitando, assim, o desenvolvimento de muitos problemas bucais e comprometimento da aparência.


Confira mais dicas valiosas de higiene e prevenção clicando aqui.


Grande abraço da nossa EQUIPE!


Este artigo tem objetivo de divulgar informações sobre tópicos gerais de odontologia e saúde oral. Seu conteúdo não substitui a orientação, o diagnóstico nem o tratamento com profissional especializado. Quaisquer dúvidas que você tenha sobre tratamentos, sinais ou sintomas de doenças devem ser sempre esclarecidas com seu dentista, médico ou outro profissional especializado.


Posts recentes

Ver tudo